Pular para o conteúdo principal

Sorte

Para quem não sabe, estou vendendo meu apartamento em S. B. Campo, para morar na Vila Mariana. Há algumas semanas atrás eu recebi uma proposta, aceitei, e assinamos o contrato de compra e venda, apartamento vendido. Logo saí para acelerar minha busca por uma novo lar.
Após o Carnaval deste ano, específicamente na quinta feira, a imobiliária me avisou que o comprador fora vítima de uma desgraça, perdeu o emprego e desistiu da compra. Pensei, que falta de sorte a minha, mas na verdade eu mal sabia o que estava por vir. No sábado seguinte, quando fui ver alguns apartamentos a venda, fui surpreendido por um marginal motoqueiro, que me levou o telefone celular. Pensei novamente, acho que estou meio azarado, porém não sabia que no mesmo dia eu viria a perder a placa diânteira de meu carro em uma enxurrada. Putz, tá foda...
Na quinta feira passada, quando eu já estava esquecendo dos problemas atípicos, minha empregada pediu as contas, bem isso pode ser até sorte. Hoje pela manhã fui até a imobiliária para verificar uma nova proposta para meu apartamento, quando descobri que a pessoa desistiu, pois em meu condomínio mora uma moça que trabalha com o possível comprador, motivo suficiente para a esposa ciumenta do comprador melar toda a venda achando que ainda não tem chifres.

Mesmo assim vou jogar na Megasena.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Problemas com o Módulo de Segurança do Banco do Brasil no Fedora 25 com Firefox 52 em diante

A partir da versão 52 do Firefox, lançada em março de 2017, entre outras novidades no aumento da segurança, o navegador não possui mais suporte a plugins NPAPI (Netscape Plugin API), ou seja, não roda mais Java, Silverlight e Acrobat. Com isso, quem atualizou recentemente o Firefox e usava o Banco do Brasil se deparou com a necessidade da instalação do módulo de Segurança deste aplicativo do banco.
Ao se realizar a instalação do módulo, eu detectei dois grandes erros, que até hoje, 30/04, o Banco do Brasil ainda não corrigiu. São eles:
Não reconhece a senha de superusuário.  Na autenticação da senha de Superusuário o módulo informa que a senha está incorreta. Isto ocorre porque nesta etapa o aplicativo depende do Xorg, e normalmente quem usa o Fedora 25 está usando o Wayland. Para corrigir esta etapa é até fácil, basta fazer logout e logar novamente no “Gnome sobre Xorg” (clicando na engrenagem na tela de login e escolhendo esta opção). Depois, basta repetir o processo e instal…

FAD na Bandtec em São Paulo

No último sábado (09/11), participei do FAD (Fedora Activity Day) realizado na Faculdade Bandtec (http://www.bandtec.com.br), em São Paulo. Outros participantes deste FAD  foram os quatro embaixadores - Leonardo VazWolnei Junior , Ramilton Costa Gomes Junior e Davi Souza, além do Marcos Sungália, parceiro RedHat, o Sandro Melo e outros professores da Bandtec.

No começo fiquei até preocupado, já que, segundo Ramilton (organizador do evento), alguns palestrantes desistiram e a grade que era pequena podia ficar totalmente comprometida. Ainda assim, naquele sábado sai de casa para abraçar a causa e ajudar com o que fosse necessário. Ao chegar na Bandtec fiquei muito surpreso com a boa estrutura do lugar e com o cuidado com que nosso evento estava sendo tratado, até a equipe de seguranças da faculdade estavam recebendo e orientando as pessoas que chegavam lá para participar do FAD. Fui encaminhado ao auditório onde o Leonardo Vaz e o Wolnei já palestravam para um grupo de alunos sobre…

A Cesta de Natal

Recebi da empresa uma Cesta de Natal na sexta passada. Sei que nos dias de hoje isso pode soar estranho, mas de fato fiquei muito feliz com a cesta, não sei explicar exatamente porque... Talvez seja alguma lembrança de infância quando era menino e via, do portão de casa, todos os operários da Mercedes carregando felizes suas Cestas de Natal, no fim do ano. Minha família mora em um bairro de São Bernardo do Campo ao lado da Mercedes. Sei lá, mas de qualquer maneira eu gostei do mimo!
Em casa, após desembalá-la, fiquei olhando para aquela caixa vazia e resistia a jogá-la no lixo reciclável. Pensei por alguns instantes (como meus pais fazem): “Ah esta caixa pode servir pra guardar alguma coisa...”  Logo depois, achei isso uma bobagem e eu a desmontei pra descarte. Meu filho estava junto, e disse "nossa que legal essa caixa né pai?" Olhei pra ele e tive uma ideia:  pintar um cenário naquele papelão todo para brincar com os carrinhos.
Começamos a aventura artística no sábado e f…